O primeiro passo para a construção de qualquer imóvel é a sondagem de solo. Esse trabalho serve para identificar como o solo se comportará quando realizar a fundação, assim como obstáculos e particularidades no mesmo tais como a presença de pedras, caliças, madeiras. Mas muitas pessoas ainda relutam na contratação desse serviço alegando que o engenheiro e o mestre de obras possuem muito conhecimento do solo na região. Esse erro é fatal, tendo em vista que o solo muitas vezes se comporta de maneira diferente em locais muito próximos e, ainda, algumas particularidades podem ocorrer como os obstáculos já mencionados no início do texto.

As análises de solo são quesitos fundamentais para o engenheiro de fundações quando for verificar qual modalidade de fundação deverá ser utilizada para a obra em questão. Com a sondagem em mãos, esses profissionais analisam alguns pontos importantes primordiais tais como:

– Profundidade do nível d’agua – se ele for aparente, verifica-se com muito cuidado a possibilidade de escolha de estacas escavadas porque isso pode prejudicar a concretagem das mesmas diminuindo consideravelmente a resistência do concreto.

– Obstáculos (materiais duros que impedem a cravação da estaca tais como pedras ou caliças) – Se eles existirem no terreno poderão causar danos na hora da execução de fundações em estacas pré-moldadas, ocasionando a quebra das mesmas. No caso das escavadas, o trado pode não conseguir avançar dessa camada. Muitas vezes é necessário remover o aterro sujo por um limpo e sem interferências.

– Camadas de argila orgânica preta – Esse tipo de material possui resistência muita baixa e durante a escavação pode haver o fechamento do fuste para estacas escavadas. Nesses casos a solução mais adequada são as estacas pré-moldadas.

– Camadas de solos arenoso como siltes arenosos ou areias – Nesse caso as estacas escavadas estão excluídas, pois o fuste fechará e não poderá ser feita a concretagem da forma correta. Mesmos as estacas encamisadas serão de difícil execução pois a camisa poderá travar e não avançar devido a presença da areia. Também a solução mais adequada para essa situação é a estaca pré-moldada.

– Solo que não possui água e o material predominante é argila ou siltes argilosos – Essa é a situação mais favorável para a execução de estacas escavadas pois o fuste ficará intacto e a concretagem poderá ser executada normalmente.

– Camadas iniciais (2 primeiros metros) bastantes resistentes com SPT* acima de 15 – Sendo assim a solução em sapatas** poderá sem empregada pois o solo superficial possui uma boa capacidade de suporte, gerando sapatas com dimensões menores, trazendo assim uma economia considerável.

* SPT – número extraído do relatório de sondagem que mede a resistência do solo. Quanto maior esse número, maior é a resistência.

** Sapatas são fundações em blocos de concreto apoiadas diretamente no solo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *